Bruna Moraes, com “Ritual”, conquista o troféu Lamartine Babo do Fenac e R$ 24 mil

A final do 47º Festival Nacional da Canção (Fenac) foi realizada na Praça Padre Júlio Maria, em Boa Esperança, na noite de sábado, dia 9 de setembro. Milhares de pessoas se emocionaram com as apresentações que fizeram um retrato da arte brasileira. A intérprete Bruna Moraes levou para casa o cobiçado troféu Lamartine Babo e R$ 24 mil com a música “Ritual”, de São Paulo.

Rodrigo Régis e Tata Alves, de Santo André (SP), ficaram em segundo lugar com a música “O Tempo e a Vida”. A dupla ganhou R$ 18 mil. Já a canção “Nós por Nós” de Daniela Alcarpe e Ruan Trajano, do Recife (PE), garantiu o terceiro lugar e R$ 12 mil.

O quarto lugar ficou com “Um Minuto de Silêncio”, interpretada por Bezão e Nô Stopa. Eles formam o Duas Casas de São Paulo e receberam R$ 8 mil.  Luis Dillah, de São José do Rio Preto (SP), conquistou a quinta colocação com a música “Desvão” e ganhou R$ 6 mil.

Ainda teve premiação para o melhor intérprete do festival: Junior Almeida, de Campinas (SP), que apresentou a canção “Dose Certa” e garantiu R$ 8 mil. A música “Tanto Barulho por Nada” foi considerada a mais comunicativa do festival. Ela foi interpretada de Luiz Ferrar, cantor carioca que conquistou R$ 7 mil.

3M

3M

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *