Dia da MPE é comemorado em Extrema com capacitações do Sebrae

GEDSC DIGITAL CAMERA

Para comemorar o Dia Nacional da Micro e Pequena Empresa (MPE), na última quinta-feira, dia 5 de outubro, o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Minas Gerais (Sebrae-MG) promoveu capacitações gratuitas em mais de 130 municípios, de Norte a Sul de Minas, incluindo Extrema. Foram oferecidos cursos, seminários, consultorias e orientações gerenciais para incentivar os empresários a se capacitarem, melhorando a gestão do negócio.

O Seminário Desafios do Crescimento foi um dos destaques. O evento abordou temas como negócios inovadores, canais de venda e distribuição, cenário e tendências econômicas, economia colaborativa, estratégias de vendas e de marketing, utilização das redes sociais, economia colaborativa e criativa, tendências do marketing digital, liderança transformadora e startups.

Em Extrema, o evento aconteceu em parceria com a Prefeitura Municipal. O Clube Literário recebeu uma programação com Roda de Prosa – A gastronomia e cultura como vetor de crescimento; Bar Te Papo – Empreender ou CLTer; Café com Prosa; Talk Show – A Trajetória de Jack Cake Designer e Empreendedores que Fazem e Acontecem; Palestra Magna – Se o mercado muda, também mudo o meu negócio (Inácia Soares).

A gerente de Turismo de Extrema, Dora Ribeiro, destacou durante o evento o trabalho coletivo. “Temos que aprender cada vez mais a trabalhar em rede, pois se nós queremos um desenvolvimento sustentável, queremos viver felizes, temos que trabalhar assim: conhecendo e divulgando o que o outro faz, além de divulgar o nosso próprio empreendimento, para conseguir fazer com que o Turismo seja a segunda economia de Extrema”, disse. “Neste evento estamos trabalhando isso, vendo formas, conhecendo pessoas, para viver feliz e com muita renda no bolso”, complementou.

O diretor do Tetra Supermercado, Celso Luiz de Almeida, atua em Extrema desde 1993 e foi um dos palestrantes da capacitação realizada pelo Sebrae em parceria com a prefeitura. “O pequeno empresário tem o desejo de entrar na vida empresarial, mas esse desejo é muito primário, já que ele não tem preparo técnico nenhum, então o apoio do órgão público é fundamental. Os países que mais se desenvolveram conseguiram isso através desse preparo, como a Coréia do Sul, por exemplo, que possui as maiores empresas dominando o mundo, e lá começou desse jeito, com o governo apoiando, mas o desejo já era do pequeno empresário. Ações assim fortalecem a pessoa que tem o desejo e está desencorajada ou aqueles que estão só sonhando sem concretizar”.

“O sucesso possui duas pontas: desejo e êxito, e entre eles tem uma longa caminhada; o ingrediente é muito trabalho, competência e paciência, porque leva tempo, o negócio não cresce da noite para o dia”, completou Celso Luiz de Almeida.

Para o professor e coordenador do curso técnico de Administração do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec)/Mediotec, Valdir de Oliveira, essa parceria entre o Sebrae e a Prefeitura de Extrema contribui para aumentar os números de empreendimentos na região, fazendo com que os micro e pequenos empresários cresçam. “Vejo essa ação como uma parceria muito positiva na região e que deve ser frequente, porque temos que resgatar em Extrema a gastronomia e turismo que Minas possui, e essa parceria faz com que o setor alavanque cada vez mais”, disse.

Minas Gerais é o segundo estado com o maior número de pequenos negócios no Brasil, abrigando mais de dois milhões de micro e pequenas empresas, microempreendedores individuais (MEI) e produtores rurais. As MPE são responsáveis por 23% do Produto Interno Bruto (PIB) mineiro e 59% dos empregos formais.

“Os números confirmam a importância dos pequenos negócios para a economia mineira”, destacou o gerente da Regional Sul do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Minas Gerais (Sebrae-MG), Juliano Cornélio.

  • Capacitação aconteceu na quinta-feira (5)
  • Evento foi realizado em parceria com a Prefeitura de Extrema
  • Diretor do Tetra Supermercado, Celso Luiz de Almeida

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *