Ginecologista de Extrema aborda importância da mamografia e autoexame

Câncer de mama é a doença que mais acomete e mata mulheres no mundo

 

A campanha mundial do Outubro Rosa alerta para a luta contra o câncer de mama, o segundo tipo mais frequente no mundo. O Instituto Nacional de Câncer (Inca) estimou para 2014 cerca de 57 mil novos casos da doença no Brasil, sendo que o câncer de mama é o que mais acomete – e mata – mulheres ao redor do mundo. Se diagnosticado e tratado oportunamente, o prognóstico é relativamente bom. Por isso a importância da mamografia. Segundo a médica ginecologista Livia Mouallem Rosa, que atende em Extrema, o exame é o método de escolha para o rastreamento do câncer de mama em mulheres assintomáticas.

“Estudos demonstram que a detecção precoce do câncer de mama reduz a mortalidade e melhora a sobrevida. A mamografia tem possibilitado que se ofereça a uma importante parcela das pacientes com câncer de mama um diagnóstico, muitas vezes, ainda em fase inicial, ou mesmo pré-invasor. Isso repercute intensamente no prognóstico dessas pacientes que podem chegar a altos índices de cura com tratamentos cirúrgicos conservadores e, frequentemente, sem a necessidade de tratamentos adjuvantes sistêmicos”, explicou.

A mamografia deve ser feita anualmente a partir dos 40 anos de idade. “Em pacientes com familiar de primeiro grau afetada pelo câncer de mama (por exemplo, mãe ou irmã), o rastreamento deve iniciar com 10 anos antes da idade em que o familiar teve a doença”, destacou a ginecologista.

De acordo com a médica, 80% dos diagnósticos das massas palpáveis que acometem as mamas são tumores benignos e representados por cistos mamários, fibroadenomas, entre outros.

Para Livia Mouallem Rosa, o autoexame das mamas deve ser incentivado, pois aproximadamente 70% dos tumores são detectados pela própria paciente. “É um método simples e sem nenhum custo. O momento mais natural e descomplicado de realizar o autoexame é durante o banho, mas pode ser realizado em qualquer momento. A periodicidade deve ser mensal, nos 10 dias que se seguem à menstruação. As mulheres que já estão na menopausa podem realizar o exame em qualquer dia do mês”, exemplificou.

No entanto, vale ressaltar que o autoexame das mamas não substitui o exame físico realizado por um profissional de saúde.

autoexame

2 comments

Deixar comentário
  1. Pingback: 34 Alimentos + Autoexame porque Outubro Rosa começa hoje e você segue todo dia ! | @DayPrudenciana

  2. Pingback: Câncer de mama NÃO é a doença daquela prima-da-vizinha-da-mãe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *