Planejamento 2018 da Secretaria de Desenvolvimento está pronto e ainda mais intenso

Adriano Carvalho, secretário de Desenvolvimento

Além das ações que continuam, o departamento está trabalhando para criar oportunidades para os empreendedores em cada ação da prefeitura, como no Duelo de Motos e Desafio de Bonn 3.0

 

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Empreendedorismo de Extrema, criada neste ano, com a nova gestão municipal, para dar maior dinamismo na implantação dos programas e ações propostas pelo prefeito João Batista da Silva e o vice Juliano Maximino de Toledo, trabalha em várias frentes ao mesmo tempo. Basicamente, a missão do departamento é proteger os pequenos empreendedores, estimular os médios e acolher os grandes. Isto quer dizer que, para cada momento que o empreendedor vive, são desenvolvidas ações específicas para ele. Para falar sobre os trabalhos da secretaria em seu primeiro ano de atuação, a Gazeta da Cidade conversou com Adriano Luis de Carvalho, secretário de Desenvolvimento.

“A Secretaria, apesar de estar no primeiro ano, tinha metas bastante ousadas para cada uma de suas frentes. Uma das mais importantes é manter a criação de novos postos de trabalho, já que em 2015 e 2016 as demissões superaram as contratações. O objetivo era reverter este quadro. Os números do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho mostram que a meta foi alcançada, entre janeiro e outubro deste ano foram criados 1.043 novos empregos contra 794 no mesmo período de 2016. É o melhor saldo entre as cidades paulistas e mineiras da região, e, até dezembro, este número vai aumentar”, disse Adriano Carvalho.

Ainda de acordo com o secretário, outra frente importante, tocada em parceria com a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), é o Programa Nacional de Alimentação Escolar, uma lei que estimula a compra local de itens da merenda escolar. “Em 2016, 18 famílias de agricultores participaram, em 2017, foram 22, e, em 2018, serão 25 famílias participantes. Apenas para o primeiro semestre do ano que vem, estão contratados R$ 378 mil”, revelou.

Pensando em potencializar as compras locais, há um trabalho conjunto entre as secretarias de Desenvolvimento e de Planejamento e o Setor de Compras que dobrou o valor comprado através de licitações das empresas de Extrema. Este ano foi atingido o total de R$ 16 milhões comprados na cidade.

Para Adriano Carvalho, o grande avanço deste ano foi a valorização da Cultura Empreendedora. “O empreendedor precisa ter acesso a meios de se desenvolver, seja em treinamentos, palestras, consultorias, etc. E, sem dúvida, 2017 foi o ano em que mais se falou em empreendedorismo em Extrema, graças ao trabalho alinhado entre Secretaria de Desenvolvimento, Turismo, Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Associação Comercial de Extrema (Aciex) e outros órgãos. Realizamos pela primeira vez na cidade, uma edição da Semana Global do Empreendedorismo com a participação das empresas Hinode, Tembici e Faculdade de Extrema (Faex). Também, graças ao trabalho destes parceiros, tivemos no município a primeira turma do Empretec, um sonho antigo que virou realidade”.

“Todos os dias, recebo histórias de empreendedores que estão inovando, buscando novos mercados, diferenciando seus serviços, conquistando mais espaço. Tenho certeza de que teremos cada vez mais histórias assim”, contou o secretário de Desenvolvimento de Extrema.

Duelo de Motos

O planejamento da secretaria para 2018 já está pronto e ainda mais intenso. Além dos trabalhos que continuam, o departamento está trabalhando para criar oportunidades para os empreendedores em cada ação da administração municipal. “Por exemplo, logo depois do Ano Novo, desembarcam em Extrema pilotos de motocross do Brasil e exterior para o Duelo de Motos, um evento da Secretaria de Esportes em parceria com a Rede Globo. O Parque de Eventos será uma grande arena com uma competição que será transmitida ao vivo no Esporte Espetacular, no dia 7 de janeiro. Apenas a realização do evento já movimentou hotéis e restaurantes, e vai garantir um movimento grande na cidade nos dias do evento”, avaliou Adriano Carvalho.

Desafio de Bonn 3.0

Em março, outro grande evento, desta vez da Secretaria de Meio Ambiente, também vai gerar oportunidades. É o Desafio de Bonn 3.0, um evento preparatório para o Fórum Mundial da Água, em Brasília. Nos dias 16 e 17 de março, representantes de governos de 45 países, ONGs, imprensa nacional e internacional estarão em Extrema dando um grande destaque ao projeto Conservador das Águas.

“As perspectivas para 2028 são muito positivas, seja por conta da recuperação da economia nacional, seja por conta das ações em Extrema. Temos cerca de meio milhão de metros quadrados de armazéns logísticos sendo construídos, mais algumas grandes empresas chegando ou ampliando suas ações em Extrema, tudo isto aliado ao retorno do consumo no país, inflação controlada e juros mais baixos, temos o caminho livre para a recuperação do emprego e da renda. Temos algumas incertezas por conta das eleições, mas acredito num ano bastante positivo”, concluiu.

 

 

Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *