Câmara aprova criação do Fundo e do Conselho Municipal de Cultura de Extrema

Empenhados em incentivar novas políticas de desenvolvimento cultural para o cidadão, os vereadores da Câmara de Extrema aprovaram por unanimidade, na 19ª Sessão Ordinária, realizada na segunda-feira, dia 7 de agosto, a criação de duas grandes ferramentas de gestão para o setor: o Fundo Municipal de Cultura (FMC) e o Conselho Municipal de Política Cultural de Extrema (CMPC).

Segundo o presidente do Legislativo, Edvaldo de Souza Santos Junior (Juninho da Dello), a Câmara tem como objetivo incentivar as ações culturais do município, visando sempre a garantia e o acesso às fontes da cultura nacional. “Nós, vereadores, apoiaremos sempre os mais diversos eventos e ações artísticas desenvolvidas no município”.

Vigilância em Saúde, coordenada por Ana Lúcia Olivotti, foi homenageada

Vigilância em Saúde, coordenada por Ana Lúcia Olivotti, foi homenageada

Além da cultura, outro assunto debatido foi a saúde. Os vereadores fizeram questão de homenagear a equipe do Setor de Vigilância em Saúde, que é coordenado por Ana Lúcia Olivotti (Lucinha), e que presta um excelente trabalho junto à comunidade. Também foi homenageado o grupo Palhaços da Alegria, que realiza um belo trabalho social nas instituições e entidades assistenciais de Extrema. “Parabenizamos todos os colaboradores do Departamento de Vigilância em Saúde e também o Grupo Palhaços da Alegria”, destacaram os vereadores.

Preocupados com o desemprego, os legisladores também aprovaram um projeto de lei de isenção tributária para empresas do município. Com isso, a ideia é aumentar a oferta de emprego e renda para as famílias extremenses.

Dos projetos aprovados, dois são destinados ao apoio financeiro aos cidadãos carentes. “Esses projetos sempre terão prioridade na Câmara”, frisou Juninho.

Os vereadores que usaram a tribuna, tanto no Expediente quanto na Ordem do Dia, foram Leandro Marinho, Luiz Fernando Ferreira (Mantega), Sidney Soares de Carvalho (Walderrama), Telma Aparecida Maciel Lopes, Dr. Roberto de Cunto e João Calixto de Morais.

Foram aprovados por unanimidade, em primeira e segunda discussão e votação, os seguintes projetos de Lei: Nº 2.472, Nº 2.488, Nº 2.489, Nº 2.490, Nº 2.492, Nº 2.494, Nº 2.495 e o Projeto de Lei Complementar Nº 169. O Projeto de Lei Nº 2.491 também foi aprovado pelos vereadores e contou com um voto contrário, do edil Pericle Mazzi Filho. Foram aprovadas 24 indicações e 46 moções de congratulações.

A 20ª Sessão Ordinária acontece na próxima segunda-feira, dia 14 de agosto, às 19h30. A reunião será transmitida ao vivo pela TV Câmara. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (35) 3435-2623 ou no e-mail imprensa@camaraextrema.mg.gov.br. O site do Legislativo é o www.camaraextrema.mg.gov.br.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *