O colorido dos ipês!

O colorido dos ipês!

05 de setembro de 2020
1

Devido à época do ano, já é possível ver em Extrema diversos ipês amarelos e brancos, grandes, floridos e bonitos. Esta árvore é diferente das outras, pois, quando suas flores nascem, as folhas caem dos galhos. Logo, quando se vê um ipê florido, sabe-se que a primavera está próxima, ou seja, os ipês florescem no final do inverno ou no início da primavera, que, neste ano, começa no dia 21 de setembro, uma segunda-feira.

O ipê surgiu pouco depois dos dinossauros e é a árvore ornamental mais plantada e conhecida no Brasil. Em Extrema, há um predomínio de ipês amarelos nas áreas mais abertas da Serra do Lopo. Trata-se de uma planta que se desenvolve melhor isoladamente, à medida em que outras árvores crescem ao seu redor, ela tende a diminuir a inflorescência. Por isso que, às vezes, temos a sensação de que o ipê está desaparecendo da serra, mas é a regeneração natural das outras árvores da mata atlântica que estão competindo com os ipês.

Vale lembrar que Nelson Araújo, apresentador do programa Globo Rural, da Rede Globo, esteve algumas vezes em Extrema, e, em uma dessas ocasiões, fez uma gravação sobre os ipês amarelos na Serra do Lopo.

Os ipês, do gênero Tabebuia – família das Bignoniaceas, podem ser amarelos, brancos, rosas, roxos e até verdes. Suas cores são intensas. Em 1978, a Lei 6.507 oficializou a flor do ipê amarelo como a flor nacional do Brasil.

Últimos Editoriais