Notícias

A 2ª Vara Cível, Criminal e da Infância e Juventude é instalada em Extrema

04 de junho de 2022

Fotos: Osmar Paulino

WhatsApp Image 2022-06-03 at 16.06.18 (2)
WhatsApp Image 2022-06-03 at 16.06.18 (1)
WhatsApp Image 2022-06-03 at 16.06.17
WhatsApp Image 2022-06-03 at 16.06.17 (3)
WhatsApp Image 2022-06-03 at 16.06.17 (2)
Caroline Dias Lopes Bela, Rogéria Leme de Ávila e João Batista da Silva
WhatsApp Image 2022-06-03 at 16.06.18
A 2ª Vara Cível, Criminal e da Infância e Juventude é instalada em Extrema

A 2ª Vara Cível, Criminal e da Infância e Juventude da Comarca de Extrema foi instalada no município, na manhã da última segunda-feira, dia 30 de maio, no Fórum Deputado Cristóvan Chiaradia (Av. Delegado Waldemar Gomes Pinto, 1624, Ponte Nova). A cerimônia contou com representantes dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, do Ministério Público e do Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais.

Com a instalação oficial da 2ª Vara, o Poder Judiciário passará a prestar atendimento à população em tempo mais adequado, acompanhando a demanda devido ao crescimento da cidade, de maneira a contribuir com a resolução dos conflitos, visando à pacificação social. Assim, em breve a Comarca de Extrema terá mais um juiz.

Segundo a juíza de Direito e diretora do Foro, Caroline Dias Lopes Bela, a 2ª Vara já está em funcionamento no município. “Agora é possível oferecer uma prestação jurisdicional mais eficaz”. Ela também agradeceu a todos que se empenharam para a instalação.

A promotora de Justiça de Extrema, Rogéria Leme de Ávila Ferraz, reforçou que apenas uma vara não atendia mais a cidade. “Há cerca de 13 mil processos em tramitação em Extrema”, destacou.

“É uma luta de cinco anos de todos os envolvidos. Um marco na história de Extrema e na vida das pessoas que serão impactadas positivamente com a 2ª Vara”, disse o prefeito de Extrema, João Batista da Silva.

Para o presidente da Câmara, Sidney Soares Carvalho (Walderrama), a demanda processual passa a contar com um importante e necessário suporte. “Extrema só tem a ganhar”, ressaltou.

“É um grande ganho para a nossa comunidade. Destaco o empenho da promotora de Justiça Dra. Rogéria e dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário que somaram forças para esta conquista”, comentou o presidente do Conselho de Segurança Pública de Extrema (Consepe), José Luiz Borriero.

Agora, Extrema possui a 1ª Vara Cível, Criminal e de Execuções Penais e a 2ª Vara Cível, Criminal e da Infância e da Juventude. Os processos e ações serão distribuídos entre as duas repartições. A 2ª Vara terá competência para processar e julgar ações de comércio, família, casamento, sucessões, tutela, curatela, infância e juventude e habeas corpus.

Compartilhe:

Veja também

EDIÇÃO IMPRESSA

Edição nº: 1264

14/01/2023

Ver todas

receba a

Edição digital

direto no seu

whatsapp