Notícias

Assistência Social alerta famílias para atualização de dados do CadÚnico para continuar recebendo auxílios

Atualização pode ser feita com a entrega de documentos na sede da Secretaria Municipal, localizada na Praça Olinto da Fonseca, 12, Centro

07 de fevereiro de 2022

Arte: Ascom/Pref. Extrema

Arte Site_1075x505px

O Cadastro Único (CadÚnico) é a porta de entrada para se ter acesso a diversos programas e benefícios sociais do Governo Federal, entre eles o Auxílio Brasil (antigo Bolsa Família), BPC (Benefício de Prestação Continuada), Casa Verde e Amarela (antigo Minha Casa, Minha Vida) e muitos outros. Manter os dados atualizados nesse cadastro, tais como renda familiar e per capita, composição familiar, endereço, telefone de contato, entre outros, é fundamental para continuar a receber os benefícios sociais regularmente.

Em Extrema, a Secretaria Municipal de Assistência Social é o órgão responsável pela gestão do cadastro dos moradores do município, e alerta que as famílias cujos dados estejam desatualizados no CadÚnico correm o risco de deixarem de receber benefícios sociais já concedidos, além de serem impedidas de solicitar novos benefícios. Assim, o departamento pede que as famílias atualizem seus dados, caso as últimas informações passadas ao órgão público já não reflitam mais a realidade atual do núcleo familiar.

Quando devo atualizar meus dados?

A atualização das informações junto à Assistência Social é necessária quando a família passa por pelo menos uma das seguintes mudanças:

– Mudança na composição familiar – incluir ou retirar pessoas (nascimento, morte, divórcio, casamento);

– Mudança na renda de um ou mais membros da família;

– Mudança de endereço (por exemplo: mudou de endereço dentro de Extrema ou veio de outro município);

 – Mudança de escola de algum membro da família;

 – Mudança de telefone do titular do cadastro (dica: informe dois números de telefone em seu Cadastro Único).

Caso você não saiba se seu Cadastro Único está desatualizado, entre em contato pelo telefone (35) 3435-5810 ou através do e-mail bolsafamilia@extrema.mg.gov.br, informando CPF ou NIS.

Documentos necessários para atualização do CadÚnico

Para fazer a atualização é necessário comparecer à Secretaria de Assistência Social de Extrema para entregar cópias e apresentar originais dos seguintes documentos:

– Comprovante de residência atualizado;

– CPF, título de eleitor e RG;

– Carteira de trabalho e holerite (autônomos devem apresentar declaração de renda);

– Certidão de casamento ou nascimento;

– No caso de pessoa aposentada, apresentar o último extrato bancário.

 Documentos de filhos

Certidão de nascimento;

– RG (se tiver);

– CPF;

– Declaração escolar.

Caso necessário, a própria equipe da Secretaria Municipal pode tirar cópias dos documentos no momento do cadastro, desde que sejam apresentados os documentos originais.

Endereço: Praça Olinto da Fonseca, 12, Centro. Telefone: (35) 3435-5810. Atendimento: segunda a sexta-feira, das 08h00 às 11h00 e das 13h00 às 16h00.

Quem pode participar do CadÚnico? As famílias que podem ser inseridas no cadastro são aquelas identificadas como baixa renda, que possuem uma renda per capita (por pessoa) mensal de até no máximo meio salário mínimo (R$ 606,00) ou renda familiar mensal de até 3 salários mínimos (R$ 3.636,00).

Compartilhe:

Veja também

EDIÇÃO IMPRESSA

Edição nº: 1266

28/01/2023

Ver todas

receba a

Edição digital

direto no seu

whatsapp