Notícias

Campanha de Vacinação contra o Sarampo segue até sexta-feira (13)

Saiba onde se vacinar nesta última semana de campanha

09 de março de 2020

Ilustrativa

syringe-4544448_1920

A Campanha de Vacinação contra o Sarampo termina na próxima sexta-feira, dia 13 de março. A ação visa imunizar pessoas de cinco a 19 anos de idade não vacinadas ou com esquema de vacinação incompleto para a doença. As doses serão aplicadas de acordo com as indicações do Calendário Nacional de Vacinação, a partir da avaliação do cartão ou caderneta de vacinas.

A imunização teve início no dia 10 de fevereiro. Já o “Dia D” de mobilização nacional aconteceu em 15 de fevereiro. Além do sarampo, a vacina tríplice viral protege contra a caxumba e rubéola. O público-alvo deve comparecer às salas de vacina levando a caderneta de vacinação para que seja avaliada e o esquema vacinal atualizado, quando necessário.

Considerando que a circulação do vírus do sarampo permaneceu ativa no país e diante da necessidade de proteger a população contra a doença, a campanha de vacinação foi adotada pelo Ministério da Saúde, juntamente com os estados e os municípios, como parte de uma estratégia nacional para interromper a transmissão do sarampo e eliminar a circulação do vírus.

Saiba onde se vacinar na região nesta última semana de campanha.

Pontos de vacinação

Extrema

As vacinas estão sendo aplicadas nos seguintes locais e horários: Sala de Imunização do Centro – segunda a sexta-feira, das 08h30 às 16h45; Sala de Imunização da Unidade Básica de Saúde (UBS) do Bairro Ponte Nova – segunda a sexta-feira, das 08h0 às 17h00; e na Sala de Imunização da UBS do Bairro Vila Esperança – segunda a sexta-feira, das 08h00 às 17h00 – quarta-feira: horário do trabalhador, até 19h00.

Itapeva

A sala de vacinas de Itapeva está aberta de segunda a sexta-feira, das 08h00 às 12h00 e das 13h00 às 16h00. Além disso, também já foi realizada no município a vacinação na zona rural, em fevereiro.

Camanducaia

Os locais de vacinação em Camanducaia são os seguintes: Centro de Saúde Emydio Moreira Filho (Avenida Genésio Vargas, 222, Bairro Cubatão); Unidade Básica de Saúde (UBS) Emília Leiasmeier Grinberg (Rua da Baixada, s/n, em Monte Verde); UBS Dona Afonsina da Silva Souza (Rua José Caetano de Melo, 02, em São Mateus).

Sarampo

O sarampo é uma doença viral, de transmissão respiratória e altamente contagiosa. Após exposição a um caso de sarampo, praticamente todos os indivíduos suscetíveis adquirem a doença.

Os sintomas geralmente aparecem entre sete e 18 dias após a exposição a um caso e incluem: febre, coriza, tosse, conjuntivite e manchas avermelhadas por todo o corpo. O vírus pode ser transmitido cinco dias antes e cinco dias após a erupção cutânea. Desta maneira, não é possível determinar quando a exposição poderá ocorrer.

O sarampo pode causar complicações muito graves e, em alguns casos, a morte. Cerca de 30% dos pacientes infectados pela doença desenvolvem quadros como infecções de ouvido, pneumonia ou encefalite.

Compartilhe:

Veja também

EDIÇÃO IMPRESSA

Edição nº: 2525

13/08/2020

Ver todas

receba a

Edição digital

direto no seu

whatsapp