Notícias

Casa Lar São João Menino ganha novo espaço em Extrema

25 de junho de 2021

Fotos: Divulgação

_
___
__

Na quinta-feira, dia 24 de junho, foi inaugurada a nova instalação da Casa Lar São João Menino, entidade localizada no Bairro dos Forjos, onde também funciona o convento Ain Karim. Atualmente, a entidade está cuidando de seis crianças, todas em processo de reinserção em suas respectivas famílias. O novo espaço tem capacidade para até 20 crianças.

“Agora as crianças contam com um prédio exclusivo, que possui quartos, sala de brinquedos, salas para atividades escolares e salas de informática, que trarão ainda mais conforto para elas. Com o coração repleto de gratidão e alegria, eu e Juliano pudemos conhecer cada espaço deste novo lar, que já está com as portas abertas”, disse o prefeito de Extrema, João Batista, que visitou as novas instalações nesta semana.

A cerimônia contou com o padre Antônio Maria e com autoridades do município, como o vice-prefeito Juliano de Toledo, representando o prefeito João Batista.

A construção do novo espaço contou com a contribuição de empresas, organizações da sociedade civil, prefeitura e cidadãos. O Conselho Comunitário de Segurança de Extrema (Consepe) também participou desta empreitada, doando recursos para a aquisição de móveis e eletrodomésticos.

Na manhã da quarta-feira, dia 23 de junho, o presidente do Consepe, José Luiz Borriero, e o tesoureiro do Conselho, Antônio Carlos Severine, visitaram a entidade e foram recebidos pela assistente social Tibini Martiniuk da Cunha, que apresentou as novas instalações e entregou a prestação de contas da utilização dos recursos doados pelo Consepe.

Fundada em 2011, a Casa Lar São João Menino acolhe provisoriamente crianças que se encontram em estado de violação de direitos, sofrendo maus-tratos e negligência, por exemplo, e foram afastadas de suas famílias ou responsáveis, por determinação da Justiça. A entidade trabalha com a reinserção das crianças na família, sempre que possível, ou para adoção, em casos excepcionais, sendo que tudo é determinado pelo Judiciário.

Compartilhe:

Veja também

EDIÇÃO IMPRESSA

Edição nº: 1266

28/01/2023

Ver todas

receba a

Edição digital

direto no seu

whatsapp