Notícias

Extrema: restrição no funcionamento de estabelecimentos e para entrada na cidade

A prefeitura publicou novas medidas para combate à Covid-19, com restrição no funcionamento de estabelecimentos, na entrada de veículos no município e em relação ao feriado de Corpus Christi, além de novo toque de recolher

09 de junho de 2020

Foto: Divulgação

91731178_2818781421540075_5474073219050766336_o-550×300

A Prefeitura de Extrema divulgou dois novos decretos para a adoção e implementação de medidas temporárias e emergenciais no município visando o enfrentamento e a prevenção de contágio pelo novo coronavírus (Covid-19), após o aumento significativo no número de casos confirmados da doença na cidade (boletins epidemiológicos diários podem ser acessados em www.facebook.com/Prefeituradeextrema).

Barreiras nas vias de acesso ao município

Nesta terça-feira, dia 9 de junho, o Decreto Municipal nº 3.801 proíbe a entrada, circulação e permanência de todos os veículos com placas de outros municípios em Extrema, com exceção de quem comprovar endereço fixo ou que trabalha na cidade. A medida passa a valer às 23h59 e vigorará até sábado, dia 13 de junho.

A proibição não se aplica a veículos que transportam mercadorias para o abastecimento comercial, industrial, bancário e de estabelecimento de saúde, bem como transporte dos insumos necessários às atividades essenciais.

As vias e estradas públicas de acesso ao município contarão com barreiras fixas e móveis, monitoradas pela Secretaria de Saúde, com o apoio das demais secretarias municipais, para verificação do estado de saúde e orientação aos ocupantes dos veículos. A fiscalização terá com apoio da Polícia Militar.

O documento pode ser acessado no link: https://bit.ly/2MHW0Dh.

O que pode funcionar na cidade

Já o Decreto Municipal nº 3.800 foi divulgado pela Prefeitura de Extrema na sexta-feira, dia 5 de junho. De acordo com o documento, estão suspensas, sob regime de quarentena, até as 06h00 de segunda-feira, dia 15 de junho, todas as atividades que impliquem em circulação ou potencial aglomeração de pessoas, em especial: eventos e reuniões, em locais fechados ou abertos, tais como eventos religiosos (missas, cultos e encontros de cunho religioso), shows, bares, lanchonetes, entre outros; atividades em feiras; toda e qualquer atividade comercial; academias, clínicas de estética e estabelecimentos similares; Biblioteca Pública Municipal; pontos turísticos; entrada de novos hóspedes no setor hoteleiro.

Podem funcionar os serviços essenciais, como farmácias e drogarias, supermercados, padarias, agropecuárias, distribuidoras de gás e água, postos de gasolina, serviços postais, oficinas mecânicas e borracharias, bancos e lotéricas, estabelecimentos relacionados a materiais de construção, setor industrial, delivery de alimentos e produtos de saúde e higiene. Estes estabelecimentos que permanecerem abertos e em funcionamento deverão adotar todas as medidas de segurança, entre elas, disponibilização de álcool gel 70% e distanciamento de dois metros. Lembrando que fica a critério dos proprietários, cujo funcionamento esteja autorizado, abrir ou não.

No caso específico dos restaurantes, eles podem funcionar diariamente, mas apenas das 12h00 às 15h00, devendo estimular o serviço de entrega (delivery), permitindo 24 horas por dia, todos os dias da semana.

Vale ressaltar que o não atendimento às medidas do decreto podem implicar em cassação do alvará de funcionamento, bem como em crime previsto no artigo 268 do Código Penal.

Toque de recolher

O decreto também estipula nova toque de recolher, ficando restrita a circulação de pessoas entre 18h00 e 06h00 horas. A restrição não se aplica ao transporte de pacientes para unidades de saúde e aquisição de medicamentos, bem como aos trabalhadores das atividades e serviços essenciais, nem ao delivery. Todos os estabelecimentos, com exceção do setor industrial e farmacêutico, devem suspender suas atividades 30 minutos antes do período estipulado para início do toque de recolher, ou seja, 17h30, visando o deslocamento dos seus colaboradores às suas respectivas residências.

Fica, ainda, expressamente recomendado o isolamento social de pessoas maiores de 60 anos, gestantes e lactantes, e portadores de doenças respiratórias crônicas.

Feriado

Na quinta-feira, dia 11 de junho, feriado de Corpus Christi, fica excepcionalmente proibido o funcionamento de qualquer estabelecimento, mesmo aqueles considerados essenciais, exceto o setor industrial e as farmácias e drogarias.

O decreto pode ser conferido na íntegra em: https://bit.ly/2AX9SXi. Mais informações também podem ser obtidas pelo WhatsApp (35) 99733-9145.

Compartilhe:

Veja também

EDIÇÃO IMPRESSA

Edição nº: 2525

13/08/2020

Ver todas

receba a

Edição digital

direto no seu

whatsapp