Notícias

Extrema tem primeiro caso confirmado do novo coronavírus

25 de março de 2020

Foto: Ilustrativa

Extrema-segue-sem-nenhum-caso-confirmado-da-doença-550×300

Extrema tem primeiro caso confirmado do novo coronavírus (Covid-19). A Secretaria de Saúde recebeu o resultado positivo para o teste na noite de sexta-feira, dia 27 de março, às 20h00. O paciente é do sexo masculino, possui 56 anos e é morador da cidade, mas contraiu a doença em São Paulo. Ele encontra-se bem e em isolamento domiciliar, sendo acompanhado pela Unidade de Saúde de seu bairro.  Até o fechamento desta edição do jornal, Extrema estava com cinco casos em investigação (coletados testes); 15 monitorados; dois descartados; e um confirmado.

A maior recomendação da Secretaria de Saúde de Extrema continua sendo a restrição do convívio social, para que todo contato possível entre pessoas seja evitado, como forma de prevenção e contenção da doença. Além disso, existem medidas que os moradores podem adotar como manter a higienização das mãos, lavando com água e sabão ou utilizando álcool em gel; quando for tossir, não usar as mãos para cobrir, mas sim os braços ou um lenço de papel, que deve ser descartado corretamente; e higienizar objetos pessoais (celular, teclado, mouse e tudo o que tiver contato com diferentes superfícies).

Ainda segundo a Secretaria de Saúde de Extrema, ao apresentar sintomas de gripe ou resfriado, o cidadão deve ficar em casa e evitar o contato com outras pessoas. Em caso de sintomas do coronavírus (os principais sinais são febre, tosse e dificuldade para respirar), a pessoa deve procurar o pronto socorro ou o hospital particular da cidade – neste caso, o uso de máscara é recomendado.

A transmissão do vírus ocorre por vias respiratórias, por meio das gotículas de saliva que são eliminadas quando a pessoa contaminada tosse, espirra ou fala entre um e dois metros de distância; por contato físico, através das mucosas do olho, nariz e boca; e pelo contato com superfícies contaminadas.

A Secretaria de Saúde disponibilizou um número para possíveis dúvidas sobre os sintomas respiratórios da Covid-19. Para entrar em contato, basta mandar uma mensagem para (35) 3435-6353 via WhatsApp.

Compartilhe:

Veja também

EDIÇÃO IMPRESSA

Edição nº: 2525

13/08/2020

Ver todas

receba a

Edição digital

direto no seu

whatsapp