Notícias

Extremense Danillo Franccesco fala sobre papel no filme que conta a história da cantora Celly Campello

Longa “Um Broto Legal” estreia nos cinemas nacionais na próxima quinta-feira (16)

11 de junho de 2022

Foto: Divulgação

MARIAN~1

O filme “Um Broto Legal”, que conta a história da cantora brasileira Celly Campello, estreia nos cinemas nacionais na próxima quinta-feira, dia 16 de junho. A Gazeta da Cidade conversou com o ator extremense Danillo Franccesco, que interpreta o papel de Eduardo Chacon, marido da artista.

Gazeta: Como foi interpretar Eduardo, marido de Celly Campello, no cinema?

Danillo: Foi muito prazeroso! Todo o processo com o elenco foi muito leve e divertido. A gente sempre comentava que esse trabalho era um presente e tínhamos que aproveitar muito. Conhecer tudo sobre a vida da Celly também foi uma experiência incrível. E poder vivenciar uma época tão diferente, foi muito interessante!

Gazeta: O que o público pode esperar de “Um Broto Legal”?

Danillo: Podem esperar um filme com uma história linda, com humor, emoções e músicas que vão trazer memórias incríveis!

Gazeta: Fale um pouco sobre a sua carreira. Quais foram os principais trabalhos?

Danillo: Profissionalmente eu comecei com 17 anos, já são quase 16 anos de carreira. Quando a gente começa a pensar sobre, passa um filme. Relembrar o início, os primeiros cursos, os primeiros testes, muito estudo e dedicação, então é gratificante poder, hoje, participar de trabalhos como “Um Broto Legal”.

Esse foi meu segundo longa, o primeiro foi Offline, produzido pela Latin American Film, onde interpretei Gabriel. Era um filme de suspense e meu personagem comandava um jogo que envolvia muitas mortes.

São mais de 60 comerciais para TV, dois longas-metragens, oito curtas, duas webséries, uma novela no SBT e seis peças de teatro.

Gazeta: E os projetos e planos para o futuro?

Danillo: Atuar e dirigir é o que mais amo na vida, então com certeza espero continuar com muito trabalho pela frente (risos). E tem mais uma novidade para esse 2º semestre, tive uma pequena participação na série Sintonia da Netflix. Ainda não posso falar muito, mas vai sair agora na 3ª temporada, é uma participação pequena, mas que vai causar muita bagunça na série (risos).

“Um Broto Legal”

A trama se passa na década de cinquenta/sessenta e mostra toda a ascensão de Celly Campello – com o irmão Tony Campello. A cantora que iniciou a carreira aos 16 anos foi a precursora do rock no Brasil. Seus grandes sucessos como “Estúpido Cupido”, “Banho de Lua” e “Lacinho Cor de Rosa” tocam até hoje em festas e eventos espalhados pelo país. Apesar do sucesso meteórico, Celly decidiu abandonar a carreira para casar com Eduardo Gomes Chacon.

O filme “Um Broto Legal”é dirigido por Luiz Alberto Pereira, também diretor do documentário Jânio a 24 Quadros, entre outros.

Compartilhe:

Veja também

EDIÇÃO IMPRESSA

Edição nº: 1233

11/06/2022

Ver todas

receba a

Edição digital

direto no seu

whatsapp