Notícias

Faex age rápido, altera sistema de ensino e mantém qualidade

24 de maio de 2020

Fotos: Ascom/Faex

unnamed

Diretor administrativo da Faex, professor Juvêncio Júnior

Todas as faculdades do país, públicas e privadas, tiveram que suspender suas atividades presenciais em razão da pandemia do novo coronavírus. As escolas tiveram que se adaptar para garantirem não só o ano letivo de seus alunos, mas também a qualidade do ensino que é oferecido. Com quase 2.000 alunos, a Faculdade de Extrema (Faex) tomou decisões rápidas assim que a pandemia teve início na região. Capacitou seus professores e preparou os estudantes para a migração que viria a seguir. As aulas presenciais passaram a acontecer no ambiente virtual e a instituição manteve a rotina de todos os seus cursos, com os mesmos horários e grade curricular.

“Nossa prioridade foi manter a saúde e a segurança do nosso alunado e dos profissionais que fazem parte da nossa equipe. A primeira coisa que fizemos foi capacitar nossos professores e preparar nossos alunos para as aulas no ambiente virtual”, explicou o diretor administrativo da Faex, professor Juvêncio Júnior, em entrevista ao programa Momento Vip, da TV Extremo Sul.

Passados quase três meses, o ensino da Faex se adaptou a esta nova forma de ensino. “Hoje a gente tem a certeza absoluta que foi o melhor passo que poderíamos ter dado naquele momento. Levamos o processo acadêmico para o meio digital com a melhor qualidade possível”, disse Juvêncio Júnior.

O diretor explicou ainda que a Faex, ao optar por não suspender o calendário acadêmico, acertou em cheio, pois teve mais tempo para se adaptar ao ambiente digital. Isso tanto para professores como alunos. “Nosso aluno está aprendendo. E aprendendo de forma correta. Em momento algum nosso processo acadêmico parou, como podemos ver em algumas das instituições da região. A Faex está sabendo gerir bem esse momento de crise”, afirmou.

Sobre o retorno das atividades presenciais, Juvêncio Júnior foi enfático. “Tudo vai depender da evolução do controle da pandemia. Uma coisa eu posso garantir: a Faculdade de Extrema está “full time”, o tempo todo buscando informações e passando essas informações da maneira mais correta e mais segura. Com certeza absoluta nós queremos voltar para o presencial o mais rápido possível”, finalizou.

Compartilhe:

Veja também

EDIÇÃO IMPRESSA

Edição nº: 2525

13/08/2020

Ver todas

receba a

Edição digital

direto no seu

whatsapp