Notícias

Jovem extremense se destaca em campo e é chamado para ser avaliado pelo São Paulo FC

Miguel, de nove anos, alcança os primeiros passos para realizar o sonho de todo jogador mirim, ao fechar um contrato de avaliação de monitoramento com grande time paulista

04 de junho de 2022

Fotos: Ascom/Pref. Extrema

Miguel com a família
Equipe técnica

A Escola de Futebol do São Paulo Futebol Clube em Extrema revelou um grande craque de apenas nove anos de idade neste ano de 2022. Miguel Augusto Gomes Costa chamou a atenção da Comissão Técnica durante a maior competição de Cotia e que não ficou de fora dos planejamentos dos olheiros que ali estavam, fechando um contrato com o São Paulo para ser avaliado no time de base do clube.

Disposição, habilidade e apoio dos pais e de toda a equipe técnica envolvida, estas são as principais características que simbolizam o sucesso de um dos meninos mais jovens de Extrema a conquistar uma oportunidade num grande clube paulista. Treinando em Extrema há pouco mais de um ano, o prodígio Miguel se destacou na Copa São Paulo, realizada em Cotia, nos dias 25, 26 e 27 de janeiro.

“Ele foi a sensação da Copa e competiu numa categoria acima da dele e, em consequência do bom futebol apresentado, ao acabar o último jogo da competição, os coordenadores do CT de Cotia já vieram para fechar o contrato de um ano com ele. Miguel foi o único dos meninos dali que passou direto da avaliação para a equipe do São Paulo”, comentou um dos técnicos que acompanha o jogador nos treinos na base de Extrema.

Em conversa com Naldo, pai do jovem extremense, após o tradicional treino de sábado de manhã, no Parque de Eventos, este afirmou que o talento vem de berço: “Eu jogo bola também, mas não chego nem perto dele”, comentou aos risos. O garoto treina desde os cinco anos e em pouco tempo já desenvolveu habilidade dentro de campo. “Ele começou a treinar numa escolinha em Camanducaia e três anos depois surgiu uma oportunidade para treinar em Extrema. Desde então meu filho tem crescido profissionalmente e hoje eu o acompanho até Cotia para participar dos treinos, e logo mais nas futuras competições jogando pelo São Paulo Futebol Clube”, completou.

Segundo o coordenador Luiz, da Escola de Futebol em Extrema, o Miguel chegou ao município em 2021 com baixo índice de aptidão física e, ao longo do tempo, obteve um ganho de 80% durante os treinos, tendo uma evolução brusca em relação aos outros jogadores. O menino se destacou logo de primeira e já foi considerado um maturador rápido, demonstrando habilidades invejáveis.

“Trabalhamos as quatro valências do futebol com o Miguel, sendo o desenvolvimento técnico, desenvolvimento tático, mental e físico. O garoto atua como meia e como extremo, e hoje já domina todos os fundamentos, tais como passe, cabeceio e condução de bola”, disse Marcos Suel, treinador do Miguel.

Agora, com a assinatura do contrato de avaliação de monitoramento com o São Paulo, o Miguel é acompanhado pela equipe de base do clube e treina três vezes por mês em Cotia. Além disso, três vezes por semana pratica suas habilidades na base em Extrema, por indicação do próprio coordenador das Escolas São Paulo.

“Miguel é uma realidade e um orgulho tamanho para todos que formam o corpo da unidade de Extrema. Com certeza podemos afirmar que ele é uma porta que se abriu para outros que virão, aliás, já temos novas promessas de jogadores surgindo na nossa escola e em breve eles estarão também em destaque”, encerrou um dos treinadores da Comissão Técnica do município.

Compartilhe:

Veja também

EDIÇÃO IMPRESSA

Edição nº: 1266

28/01/2023

Ver todas

receba a

Edição digital

direto no seu

whatsapp