Notícias

Levantamento aponta maior investimento da história a entidades de Camanducaia

De acordo com um levantamento feito pela Prefeitura de Camanducaia, a atual administração municipal, do prefeito Edmar Dias, em comparação com as gestões anteriores, realizou o maior investimento da história do município em repasses para as entidades filantrópicas da cidade.

26 de setembro de 2020

Fotos: Divulgação

Santa-Casa-de-Camanducaia-550×300

Os recursos foram destinados, por exemplo, para o Pronto Socorro da Santa Casa de Camanducaia, para a Associação Beneficente Monte Verde (ABMV), para a Fundação Santa Teresinha – Lar dos Idosos, Projeto Esperança (abrigo de menores), Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), entre outras entidades.

Entre 2013 e 2020, na gestão do prefeito Edmar, foram repassados, entre recursos próprios do município e convênios, mais de R$ 35,5 milhões. Apenas neste ano, o valor do investimento ultrapassou os R$ 6 milhões.

Segundo o prefeito Edmar Dias, desde que ele assumiu a administração de Camanducaia, adotou-se uma política de valorização e aumento dos repasses às entidades. “Isso porque entendemos o papel fundamental que cada entidade desempenha para o município. Essas entidades não tinham o suporte do poder público como mereciam e precisavam, prejudicando diretamente o serviço ofertado para nossa população. Mudamos esse cenário e hoje todas elas têm condições de prestar um trabalho mais adequado e humano”.

Ainda de acordo com o levantamento, a Fundação Santa Teresinha – Lar dos Idosos, por exemplo, recebeu R$ 23 mil, em 2012. Já em 2020, a entidade vai receber do Munícipio R$ 66 mil, além dos recursos provenientes de convênios para o combate à Covid-19. Outro exemplo foi o Projeto Esperança (abrigo de menores) que, em 2012, recebeu R$ 18 mil; em 2020, vai receber R$ 96 mil, um aumento de 530%.

“O Lar dos Idosos e o Projeto Esperança são entidades que mereciam, e ainda merecem, nossa atenção. A administração sempre esteve atenta às necessidades de cada uma dessas organizações sociais e apoiou sempre com o que foi possível. Isso vale também para a Apae. Além de realizar um grande sonho com a construção da nova sede, aumentamos o repasse em mais de 400%”, disse Edmar Dias. A primeira fase da construção do novo prédio da associação foi realizada pela Prefeitura Municipal.

Em relação aos recursos destinados para as entidades de Saúde, nos últimos oito anos, entre recursos próprios do município e de convênios, o investimento total será de mais de R$ 34,2 milhões – aumento de mais de 550%.

“A Saúde de Camanducaia apresentava problemas crônicos há anos, prejudicando muito os moradores do munícipio. A Santa Casa tinha problemas graves financeiros, com falta constante de médicos e insumos, e em Monte Verde sempre tivemos problemas com falta de médicos. Começamos a estudar maneiras de resolver essas dificuldades, aumentando os repasses todos os anos e dando suporte nos momentos de necessidade. Já em Monte Verde formalizamos a parceira com a ABMV que se transformou num hospital de referência, acabando com as dificuldades na Saúde no distrito”, contou Edmar Dias. A parceria com a Associação Beneficente Monte Verde foi formalizada em 2014, quando Monte Verde começou a ter atendimento médico 24 horas.

Em Camanducaia, a manutenção e aumento do convênio, aliado à administração da provedoria da Santa Casa, possibilitaram a liquidação de diversas dívidas da entidade nos últimos três anos. Com os recursos encaminhados pela prefeitura, foi possível, entre outras coisas, quitar o financiamento bancário existente, quitação antecipada de todas as parcelas do financiamento de débitos antigos do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) através do Programa de Recuperação Fiscal (Refis), conseguindo mais de 70% de desconto, e o pagamento antecipado do 13º salário dos funcionários.

Para Edmar, além de transformar a saúde financeira para a Santa Casa, o convênio com a prefeitura possibilitou a contratação de mais um médico no hospital. “Ou seja, todos os dias temos, pelo menos, dois médicos na entidade, o que melhorou e agilizou o atendimento. Durante muito tempo, quando o médico precisava acompanhar a transferência do paciente, o hospital ficava descoberto. Agora, sempre tem médico na Santa Casa”.

A Santa Casa, com uma situação financeira equilibrada, pode aumentar a capacidade de atendimento, com realizações de diversos processos cirúrgicos, disponibilização de atendimento médico especializado, proporcionando mais conforto e um atendimento mais adequado aos pacientes, com a manutenção constante no prédio e a compra de novos mobiliários. “O objetivo é melhorar sempre o atendimento à população e aumentar o serviço prestado, com a realização de cirurgias e diversos procedimentos”, afirmou Edmar Dias.

A Santa Casa de Camanducaia também modernizou a infraestrutura médica, com a instalação de um novo aparelho de raio-x e, mais recentemente, recebeu um digitalizador de raio-x, permitindo melhor nitidez na imagem e, consequentemente, um melhor diagnóstico para a equipe médica.

“Fico feliz de ver o trabalho que desempenhamos nos últimos anos colhendo frutos para nossa população. No final das contas, quem ganha é o morador do nosso município, que tem entidades fortalecidas, prestando um serviço mais adequado, mais humano”, concluiu o prefeito Edmar.

Sede da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae)

Compartilhe:

Veja também

EDIÇÃO IMPRESSA

Edição nº: 2525

13/08/2020

Ver todas

receba a

Edição digital

direto no seu

whatsapp