Notícias

Prefeito de Extrema fala sobre o sucesso do 11º Festival de Boteco

02 de agosto de 2020

Foto: Divulgação

Young friends sitting in cafe while drinking alcohol.

Prefeito de Extrema, João Batista da Silva

Entre 10 de agosto e 19 de setembro de 2020 está agendado o 11º Festival de Boteco de Extrema. O evento, que promete agitar o cenário turístico-cultural do município, se tornou também um dos mais tradicionais do calendário regional. Os grandes participantes são os restaurantes, bares e botecos, além de toda a comunidade que poderá saborear os pratos, petiscos e quitutes mais saborosos da mesa mineira.

Em virtude da pandemia do novo coronavírus, o festival será no formato delivery, e o tema deste ano tem como foco os “300 Anos de Minas Gerais”.

O prefeito de Extrema, João Batista da Silva, falou sobre a importância do evento, além do fortalecimento econômico gerado pelo festival. “Mesmo em face da pandemia da Covid-19, estamos criando oportunidades sociais para que os empreendedores dos setores de Turismo e de Cultura possam divulgar os seus produtos e serviços. Este é um enfrentamento coletivo que trata da saúde da nossa população. Também não podemos nos esquecer de proteger a renda e o emprego das pessoas. Os setores da Cultura e do Turismo foram os mais atingidos, por isso é preciso fazer tudo ao nosso alcance para criar oportunidades e ajudar de alguma forma”, disse.

Ainda de acordo com o prefeito, a promoção e a circulação de recursos, bem como a contratação de colaboradores locais, movimenta a cadeia produtiva setorial formada por restaurantes, bares, artistas, empresas de som, filmagem e entre outros. “Além disso, os estabelecimentos participantes terão em suas receitas a obrigatoriedade do uso de pelo menos um ingrediente local, sendo estimulados a comprarem de produtores locais, fazendo assim a economia girar dentro do município. A organização ainda arcará com 1.500 entregas gratuitas durante o evento. É uma grande cadeia produtiva alimentada e engrenada economicamente”, comentou.

Segundo João Batista, o formato delivery veio como alternativa de venda durante a pandemia. “Logo no início lançamos a campanha ‘Compre pelo Whats’ e deu um excelente resultado. Com o Festival de Boteco que adota este modelo, tenho certeza de que os participantes terão um resultado ainda melhor, garantindo a segurança dos consumidores”. Ele completou: “O festival imprime uma importante imagem de empreendimento na gestão setorial, ou seja, todos os campos e áreas atreladas ao Turismo e a Cultura lucram. (…) Pensou em Minas, pensou em comer bem e isto é uma tradição da nossa gente. O festival vem estimular os empreendedores a inovar no cardápio, melhorar os serviços e, quem ganha, é o consumidor. Então podemos dizer que o evento tem um papel de fomentar o setor gastronômico, além de ser uma delícia esperada o ano todo”.

Perguntado sobre o incentivo do fomento na parceria público-privada, o prefeito enxerga este tipo de modalidade de gestão como uma grande alternativa de crescimento social. “A prefeitura não precisa fazer tudo sozinha e, ao permitir as parcerias, economiza o dinheiro público que pode ser revertido para outros investimentos, abrindo assim portas para novas maneiras de trabalhar e envolve mais profissionais em cada projeto. Neste modelo, o Festival de Boteco é patrocinado pela Energisa e realizado pela Nossa Senhora das Produções; e a prefeitura apenas dá o apoio. Quem ganha mais uma vez é o cidadão. Uma das preocupações do Executivo é criar ferramentas de desenvolvimento econômico, a fim de movimentar a engrenagem comercial da nossa cidade. O comércio de modo geral é um setor importantíssimo para todos – é um grande empregador e um grande foco dos empreendedores –, e dá suporte a outros segmentos, movimentado assim a engrenagem do turismo”, explicou.

João Batista finalizou dizendo que quando se promove cada edição, pensa-se diretamente nos setores que serão impactados. “No caso do festival, os participantes são pequenos negócios e alguns familiares – e o impacto é mais positivo ainda! O Festival de Boteco de Extrema reúne num mesmo trabalho empreendedorismo, diversão, cultura e turismo. É visível a evolução dos empreendedores ao longo do tempo, a cada edição. Também é muito gratificante ver o carinho com que cada empreendedor faz os seus petiscos, sempre com o objetivo de agradar o consumidor. Por tudo isto, o festival ganha uma importância ímpar na cidade e promete muita alegria! Eu convido cada família extremense a saborear essas delícias da mesa mineira!”.

Acompanhe tudo sobre o evento nas redes sociais www.facebook.com/festivaldebotecoextrema e @festivaldebotecoextrema (Instagram) ou ainda pelo site www.festivaldebotecoextrema.com.

Compartilhe:

Veja também

EDIÇÃO IMPRESSA

Edição nº: 2525

13/08/2020

Ver todas

receba a

Edição digital

direto no seu

whatsapp