Notícias

Prefeitura conclui 1ª fase do projeto telegestão e já inicia a 2ª etapa da ação

Projeto contempla a substituição das lâmpadas por LED e implantação de módulos/gateways

11 de julho de 2020

Foto: Ascom/Pref. Extrema

Foram-investidos-R-52-milhões-no-projeto-que-prevê-economia-de-até-70-no-consumo-de-energia-550×300

A Prefeitura de Extrema finalizou a substituição de 3.200 lâmpadas de vapor de sódio por LED na área central do município. Esta foi a primeira fase de implantação do projeto telegestão. Em paralelo, foi iniciada a segunda fase do projeto, que é a implantação das lâmpadas de vapor de sódio e mercúrio em diversos pontos da zona rural que já possuíam rede de baixa tensão.

O projeto telegestão teve suas tratativas iniciadas em 2018 e contempla, além da substituição das lâmpadas por LED, a implantação de módulos/gateways nas lâmpadas, que estarão vinculados a uma central que será controlada por software de gestão em iluminação pública, possibilitando identificar, por exemplo, se alguma lâmpada apresenta defeito ou está queimada e ainda aumentar ou diminuir a luminosidade.

Foram investidos R$ 5,2 milhões no projeto que prevê economia de até 70% no consumo de energia, assim que estiver 100% concluído. Vale ressaltar que as lâmpadas de LED possuem vida útil maior, o que resulta em custos menores de manutenção. Elas também melhoram a luminosidade das vias públicas, aumentando a segurança. Outra vantagem é que essas lâmpadas possuem garantia de cinco anos pelo fabricante.

Compartilhe:

Veja também

EDIÇÃO IMPRESSA

Edição nº: 2525

13/08/2020

Ver todas

receba a

Edição digital

direto no seu

whatsapp