Notícias

Prefeitura de Extrema decreta situação de emergência em saúde devido ao coronavírus

A maior recomendação é a restrição do convívio social. Por isso, aulas, eventos e atividades municipais estão paralisadas

18 de março de 2020

Imagens: Ascom/Pref. Extrema

Decreto-nº-3.745-publicado-na-segunda-feira-16

A Prefeitura de Extrema decretou situação de emergência em saúde, através do Decreto nº 3.745, publicado na segunda-feira, dia 16 de março, em decorrência do coronavírus e em concordância com as orientações do Ministério da Saúde (MS) e Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES). A maior recomendação é a restrição do convívio social. Por isso, aulas, eventos e atividades municipais estão paralisadas por cerca de 30 dias, depois haverá outra avaliação e, consequentemente, a possibilidade de nova determinação.

Educação

Na quarta-feira, dia 18 de março, a rede municipal de ensino suspendeu as atividades nos Centros de Educação Infantil Municipal (Ceim), escolas e Ensino de Jovens e Adultos (EJA) por 30 dias.

As escolas particulares do município também suspenderam as aulas, assim como o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) e Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai).

A Biblioteca Municipal também está fechada ao público.

Esporte, Lazer e Juventude

A partir de sexta-feira, dia 20, todas as atividades esportivas, incluindo as aulas, estão paralisadas e devem assim permanecer por 30 dias. A exemplo das medidas tomadas pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e Federação Mineira de Futebol (FMF), os campeonatos organizados pela Secretaria de Esportes de Extrema estão suspensos. O Parque de Eventos ficará fechado por 30 dias.

Turismo

Todos os empreendimentos turísticos serão visitados para orientação dos empreendedores e colaboradores. Os parques turísticos ficarão fechados por 30 dias.

Cultura

Eventos, shows, encontros religiosos, assembleias e outros aglomerados de pessoas estão suspensos por 30 dias.

Assistência Social

Os projetos desenvolvidos pelo Centro de Referência de Assistência Social (Cras) também estão paralisados; os atendidos devem aguardar novo comunicado. Foram suspensos ainda os atendimentos internos da Secretaria de Assistência Social por 30 dias, os mesmos serão realizados via visita domiciliar.

Saúde

O Pronto Socorro Municipal está funcionando normalmente, porém apenas casos previstos em lei podem ter acompanhantes: menores de idade, pacientes acima de 60 anos e em situação de incapacidade do paciente. O atendimento da Farmácia também segue normal, apenas adotando medidas de precaução.

A agenda das Especialidades será adiada por 40 dias. Os consultórios estão reservados para os atendimentos de casos do coronavírus. E as consultas urgentes serão avaliadas pelos especialistas. Já os atendimentos agendados nas unidades de saúde serão remarcados para 40 dias. O atendimento odontológico será realizado apenas na Clínica de Especialidades.

Os pacientes que fazem tratamento fora do município terão o tratamento mantido. Eles deverão usar máscaras, fornecidas pela Secretaria de Saúde, durante a viagem.

As atividades realizadas em grupo pelo Núcleo de Apoio à Saúde da Família (Nasf) estão suspensas por 30 dias.

Todos os casos suspeitos de coronavírus devem ser encaminhados à unidade de saúde mais próxima do bairro. A equipe fará a primeira avaliação e indicará a conduta correta. A Secretaria de Saúde possui os kits necessários e vem obedecendo o protocolo do Ministério da Saúde para o correto diagnóstico.

Atendimento ao público

Os serviços de atendimento estão suspensos nas secretarias municipais, mas a equipe continua em trabalho interno. A população pode utilizar o site (www.extrema.mg.gov.br) para os serviços necessários ou entrar em contato com os departamentos por e-mail e telefone, disponíveis também no site da prefeitura.

Decreto nº 3.745, publicado na segunda-feira (16)

Compartilhe:

Veja também

EDIÇÃO IMPRESSA

Edição nº: 2525

13/08/2020

Ver todas

receba a

Edição digital

direto no seu

whatsapp