Notícias

Prefeitura de Extrema programa mais de 10 mil testes de Covid-19

Testes farão parte de uma pesquisa, que será realizada nesta primeira quinzena de setembro, para medir a prevalência do coronavírus e avaliar a velocidade da expansão do vírus na cidade

04 de setembro de 2020

Foto: Ilustrativa

A-pesquisa-será-feita-em-todos-os-bairros-da-cidade-550×300

Tendo como base alguns estudos de universidades brasileiras, a Prefeitura de Extrema realizará mais de 10 mil testes de Covid-19, nesta primeira quinzena de setembro. Os testes farão parte de uma pesquisa realizada pela Secretaria Municipal de Saúde para medir a prevalência do coronavírus e avaliar a velocidade da expansão do vírus no município.

O objetivo da pesquisa é estimar a proporção de pessoas com anticorpos e analisar a evolução de casos na população extremense, por meio de uma amostragem de participantes. Serão analisados 5.751 homens e 4.899 mulheres, formando 20% da população, divididos em faixas etárias de 12 a 35 anos, 36 a 59 anos e acima de 60 anos.

Serão em torno de 12 dias de pesquisas em todos os bairros da cidade. O horário será estendido para atingir também os trabalhadores. Haverá duas equipes empenhadas na pesquisa e testagem, devidamente identificadas. A primeira irá a todas as casas do bairro colhendo os dados sobre o comportamento do cidadão em relação à Covid-19, e a segunda equipe passará realizando os testes conforme os critérios.

O questionário (pesquisa) será realizado por todos os residentes das casas, fornecendo uma resposta sobre o comportamento frente ao vírus, como o uso de máscara, álcool em gel e higienização das mãos, entre outros cuidados. A pessoa entrevistada assinará um termo de consentimento livre e esclarecido, e ao final receberá uma cartilha com orientações.

Vale ressaltar que, com o aumento de testes, os números de casos positivos também vão aumentar, já que será a Secretaria de Saúde que irá atrás de novos pacientes positivados. Essa análise só terá seu resultado divulgado após o fechamento da pesquisa, ou seja, os casos positivos ou negativos só constarão no boletim epidemiológico diário após a finalização da ação.

O resultado da pesquisa será analisado pela Secretaria de Saúde e pelo Dr. Enis Donizetti Silva, ex-presidente da Sociedade Paulista de Anestesiologia. Com o resultado em mãos, a meta é realizar estratégias mais eficientes contra a Covid-19 em Extrema.

Compartilhe:

Veja também

EDIÇÃO IMPRESSA

Edição nº: 2525

13/08/2020

Ver todas

receba a

Edição digital

direto no seu

whatsapp