Notícias

Prefeitura desmente possibilidade de caso suspeito de coronavírus em Extrema

28 de fevereiro de 2020

Imagem: Reprodução/Vídeo Prefeitura de Extrema

Patrícia-Carneiro-Gerência-Secretaria-de-Saúde-Frederico-Palazzo-infectologista-e-Ana-Lúcia-Olivotti-Vigilância-em-Saúde

Um caso que poderia ser suspeito de coronavírus foi descartado em Extrema nesta semana. Segundo o infectologista Frederico Palazzo, a possibilidade da doença foi prontamente descartada, porque o paciente, que estava no Hospital Maternidade São Lucas, não contemplava nenhum dos critérios preconizados pelo Ministério da Saúde em relação ao diagnóstico ou suspeita de infecção por coronavírus.

“Nesse momento não há nenhuma medida a ser feita, exceto lavar sempre as mãos e evitar compartilhamento de objetos pessoais, como talheres, copos e celulares. Não há necessidade de utilizar máscaras. As pessoas podem ir à escola ou trabalhar tranquilamente, não há motivo algum para nenhuma medida extrema no município”, afirmou o médico.

O prefeito municipal, João Batista da Silva, também desmentiu boatos e notícias de que haveria um morador com coronavírus em Extrema. “O paciente não tem os sintomas do vírus. Qualquer informação vinculada a este assunto se trata de uma mentira”, sinalizou.

Compartilhe:

Veja também

EDIÇÃO IMPRESSA

Edição nº: 2525

13/08/2020

Ver todas

receba a

Edição digital

direto no seu

whatsapp