Notícias

Prefeitura publica novo decreto com medidas para enfrentamento da pandemia

Até o fechamento desta edição, a cidade tinha 23 casos suspeitos/monitorados e dois descartados

27 de março de 2020

Reprodução/Facebook

mask-4898571_1920

Em novo decreto, publicado no último domingo, dia 22 de março, a Prefeitura de Camanducaia deliberou sobre diversas novas medidas para o enfrentamento da pandemia da doença viral respiratória causada pelo agente coronavírus, a Covid-19. O documento assinado pelo prefeito Edmar Dias determina:

Ficam proibidas, a partir das 14h00 do dia 22 de março de 2020, por 15 dias, prorrogáveis por iguais e sucessivos períodos, em todo o município, a execução e funcionamento dos estabelecimentos comerciais e de serviços, exceto:

I- Farmácias, drogarias e farmácias de manipulação;

II- Clínicas médicas, odontológicas e laboratórios para atendimento de urgência e emergência;

III- Clínicas veterinárias para atendimento de urgência e emergência;

IV- Supermercados;

V- Mercados, açougues, quitandas e hortifrútis;

VI- Padarias;

VII- Distribuidores de gás e água mineral;

VIII- Postos de combustível e pontos de parada para apoio de ônibus interestaduais e caminhoneiros;

IX- Borracharias e serviços mecânicos para atendimento de urgência e emergência;

X- Agropecuárias e lojas de vendas de alimentação para animais.

XI – Serviços funerários;

XII – Serviços de telecomunicações e internet para atendimentos em casos de estrita necessidade;

XIII – Correios;

XIV – Chaveiros para atendimento em casos de estrita necessidade;

XV – Escritórios de advocacia e contabilidade em casos de estrita necessidade;

XVI – Agências bancárias em casos de estrita necessidade;

XVII – Lojas de embalagens para atendimento de serviços de gêneros alimentícios, para serviço exclusivo de entregas, devendo manter as portas fechadas.

Os estabelecimentos que permanecerão abertos deverão seguir regras específicas de funcionamento como consta no decreto. O documento ainda estabelece que estabelecimentos comerciais de gêneros alimentícios, como restaurantes, lanchonetes, pizzaria, casas de açaí, sorveteria e afins, somente poderão trabalhar com delivery.

Em entrevista para a Rádio América FM de Camanducaia, na quarta-feira, dia 25 de março, o prefeito Edmar Dias falou sobre a situação de combate ao coronavírus no município. “Vamos continuar tomando todas as medias necessárias para evitar a circulação desnecessária de pessoas pelas ruas da cidade e aglomerações a fim de preservar a saúde da população. Eu concordo que o país não pode parar e também com a preocupação em relação à economia, mas a saúde pública vem em primeiro lugar neste momento, até porque se não tiver gente saudável para trabalhar e consumir, não tem quem produza nem para quem vender”.

Para conferir o decreto, que ainda está vigente, com todas as medidas emergenciais, acesse: https://bit.ly/3dyvhVW.

Boletim coronavírus

Diariamente, a Prefeitura de Camanducaia publica boletins sobre a situação do coronavírus no município. Até o fechamento desta edição do jornal, a cidade contava com 23 casos suspeitos/monitorados; dois descartados; e nenhum confirmado.

Compartilhe:

Veja também

EDIÇÃO IMPRESSA

Edição nº: 2525

13/08/2020

Ver todas

receba a

Edição digital

direto no seu

whatsapp