Notícias

Presidente da Câmara de Extrema, vereador Walderrama, fala sobre a retomada dos trabalhos legislativos em 2022

13 de fevereiro de 2022

Foto: Divulgação

Presidente da Câmara de Extrema, Sidney Soares Carvalho (Walderrama)

Na quinta-feira, dia 10 de fevereiro, durante a sua participação na Rádio Portal 106,5 FM, o presidente da Câmara de Extrema, Sidney Soares Carvalho (Walderrama), falou sobre o início dos trabalhos em 2022 que são realizados tanto na Casa de Leis quanto na Casa do Cidadão. Na entrevista, ele citou números que apontam o comprometimento com a qualidade do atendimento e a efetividade na prestação dos serviços gratuitos que são oferecidos à população em toda a esfera legislativa.

Retomada dos trabalhos

O presidente citou a importância da participação cidadã nas reuniões ordinárias. O calendário com as datas está sendo divulgado em todas as plataformas digitais, redes sociais e site oficial do Legislativo com o intuito de promover total interação com o munícipe e levar maior transparência do que acontece no dia a dia da Câmara. “Demos início às reuniões na segunda-feira, dia 7, e as sessões são transmitidas ao vivo sempre às 19h30. Em nossos canais o extremense consegue acompanhar os debates e tirar a sua dúvida”, comentou Walderrama.

Segundo ele, o ano de 2022 já começou num ritmo muito acelerado também na Casa do Cidadão. Mesmo durante o enfrentamento da pandemia de Covid-19 que imprimiu um andamento de trabalho mais rígido e com restrições sanitárias ditadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS), o atendimento no âmbito legislativo foi intenso e bateu as metas de 2021.

“A contabilidade foi altamente positiva e somou comprometimento em bem atender com a satisfação na prestação do serviço público. Por exemplo, no Centro de Atendimento ao Cidadão (CAC) da Casa do Cidadão, que é um anexo da Câmara dos Vereadores, foram realizados em todo o mês de janeiro deste ano um total 2.334 registros. Já em 2021 a quantia aponta para 1.718 atendimentos, o que supera as expetativas e cria uma diferença superior de 616 pessoas. Entre 3 e 31 de janeiro, foram contabilizados, via atendimento remoto, 375 suportes somente no CAC. Uma equipe altamente profissional analisou caso a caso com grande atenção e trouxe 100% de resolução às demandas. O WhatsApp CAC é um aplicativo que funciona com grande eficácia, pois toda a equipe está conectada ao munícipe de maneira integrada, oferecendo um retorno satisfatório às reivindicações. Vale destacar que a mesa diretora do Legislativo vem batendo na tecla do trabalho direcional, focado na resposta rápida ao cidadão e principalmente na oferta do serviço de qualidade”, disse.

Criação da Coordenadoria de Defesa Civil

Aprovado na 1ª Sessão Ordinária de 2022, o Projeto de Lei Nº 3.450 – de autoria do Executivo – cria a Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil (COMPDEC). A proposta é coordenar nos quatro cantos do município todas as ações preventivas de segurança e de socorro, assistenciais e recuperativas destinadas a evitar desastres e minimizar seus impactos para a população, reestabelecendo assim a normalidade social. O resultado de eventos naturais, adversos ou provocados pela ação do homem sobre o ecossistema vem causando danos ambientais, materiais e humanos cada vez mais prejudiciais, gerando também prejuízos econômicos e sociais.

“A criação da Coordenadoria de Defesa Civil é de grande importância, pois a qualquer momento podemos ser surpreendidos com uma situação de emergência que pode culminar num estado de calamidade pública ou desastre ambiental, por exemplo. O município deve estar preparado para este tipo de circunstância. A Defesa Civil trabalha no sentido de evitar, prevenir e minimizar as consequências dos eventos desastrosos num curto espaço de tempo. É uma proposta que assegura a vida, além da preservação ambiental e patrimonial, tanto residencial, pública quanto empresarial. A criação do órgão implica na formação de um plano de contingência capaz de gerar ações de prevenção, mitigação, de resposta imediata e de recuperação. O planejamento diligente tem impacto na redução de riscos. Com a Coordenadoria da Defesa Civil de Extrema poderá ser realizado o mapeamento de áreas de riscos, a construção de obras de contenção e correção, a capacitação da sociedade, além gerar ações de mitigação que buscam diminuir ou a limitar os impactos dos desastres para a população”, ressaltou Walderrama.

Ainda de acordo com o presidente, como nem sempre é possível prever um desastre, poderão ser evitadas eventuais perdas de vidas e a diminuição dos prejuízos econômicos e sociais com diversas ações, dentre elas a emissão de alertas e avisos, monitoramento de eventos naturais e a evacuação de áreas de risco.

“São ações rápidas que preservam vidas, auxiliam na busca e salvamento, nos primeiros socorros, na assistência à comunidade, no fornecimento de materiais de primeira necessidade e ainda no restabelecimento dos serviços essenciais. Extrema só tem a ganhar com mais esta ferramenta social. A Câmara está atenta na aprovação de projetos que trazem melhor qualidade de vida e bem-estar para a população. O trabalho em todas as pastas, áreas e setores do município será intensificado no decorrer deste ano”, concluiu o presidente da Câmara.

Compartilhe:

Veja também

EDIÇÃO IMPRESSA

Edição nº: 1266

28/01/2023

Ver todas

receba a

Edição digital

direto no seu

whatsapp