Notícias

Procon Câmara alerta população de Extrema sobre sites falsos para compras online

06 de outubro de 2021

Foto: Ascom/Câmara Extrema

Diretora do Procon Câmara, Luísa Ortiz

Com a chegada do fim do ano e, sobretudo, com a fase de transição que estamos vivendo, muitos consumidores ficam animados com promoções e compras na Internet, seja para presentear um ente querido, seja para si mesmo.

Somando isso ao tempo que o brasileiro passa nas redes sociais, é preciso ter cuidado redobrado com anúncios de vendas online – aquelas propagandas que passam ou aparecem em suas telas, destacando um produto cobiçado e seu valor abaixo do normal. Muitos desses anúncios direcionam o consumidor a sites que inicialmente parecem verídicos, possuem layout, números para contato e Serviço de Atendimento ao Cliente, transmitindo toda a sensação de segurança que vemos nas grandes plataformas de compras.

Não raro, alguns desses sites são duplicados por golpistas, copiando logotipos de marcas que de fato existem, incluindo até mesmo o CNPJ original. É então que, após o pagamento do produto, o cidadão se vê surpreso ao não recebê-lo e, de súbito, perder contato com a empresa, que “deixa de responder”, sendo que por diversas vezes o próprio site é tirado do ar.

Para a diretora do Procon Câmara, Luísa Ortiz, a facilidade nas compras online que a tecnologia nos proporciona atualmente é um dos principais fatores que colaboram para a ludibriação do cliente. “Muitos desses sites falsos parecem funcionais até o momento do pagamento e, depois, não incluem nenhum tipo de cadastro ou número de pedido”.

Pensando nisso, o Procon Câmara alerta o consumidor a sempre se certificar da veracidade da loja: se existem comentários positivos, avaliações e canais verificados, pois alguns minutos de pesquisa podem poupar uma grande dor de cabeça. “Além disso, sempre desconfie de plataformas que admitem apenas uma forma de pagamento, como o PIX, ou lojas que possuem somente canal de WhatsApp”, enfatizou Luísa.

“Caso o consumidor possua dúvidas acerca da procedência de uma compra, poderá buscar a orientação do Procon, situado na Casa do Cidadão, Rua João Mendes, 67, ou através de nosso atendimento online, no telefone (35) 99907-3268”, concluiu a diretora do Procon Câmara.

Saiba mais no site www.camaraextrema.mg.gov.br.

Compartilhe:

Veja também

EDIÇÃO IMPRESSA

Edição nº: 1266

28/01/2023

Ver todas

receba a

Edição digital

direto no seu

whatsapp