Notícias

Saúde de Extrema segue comprometida e atuando em todos os setores

Apesar da pandemia de Covid-19, que teve início em março, no Brasil, o setor de Saúde em Extrema não parou, atualizando suas diretrizes para as novas regras de distanciamento e isolamento social.

13 de setembro de 2020

Foto: Divulgação

Hospital-Municipal-vista-do-Batalhão-da-PM-550×300

Pronto Socorro

No Pronto Socorro Municipal, os atendimentos de urgência e emergência não paralisaram, sendo apenas orientado aos pacientes que evitem o setor, caso possam, já que o ambiente recebe também casos de coronavírus.

Especialidades

Já no setor de especialidades, houve uma pausa em alguns atendimentos, priorizando apenas os casos com urgência, uma maneira de evitar que os pacientes tivessem um possível contato com a Covid-19 ao serem atendidos no pronto atendimento ou em unidades de saúde. Para este período, foi criada uma central dentro da Atenção Primária, na qual colaboradores entram em contato com todos os pacientes agendados em especialistas para averiguar a situação.

No entanto, desde agosto, todas as especialidades já voltaram a atender normalmente, dando prioridade aos pacientes que tiveram seus atendimentos cancelados e depois marcando novas agendas. Caso o paciente não tenha recebido uma ligação para reagendamento, pode entrar em contato pelo número (35) 3435-2465.

Atenção Primária

Para casos não urgentes, o setor da Atenção Primária trabalha e continua inovando nos seus processos, para que nenhum paciente fique sem atendimento e também não se exponha a riscos. Desde o começo da pandemia, foi criada a Central de Monitoramento, que atende via WhatsApp para sanar dúvidas e monitorar todos os casos de coronavírus na cidade. Diariamente, a Central entra em contato com estas pessoas, com o auxílio de médicos e enfermeiros.

Central de Monitoramento

Caso os sintomas se agravem, é solicitada uma visita médica domiciliar e, se necessário, o paciente é encaminhado para o hospital. Desta maneira, ele não precisa ir até uma Unidade Básica de Saúde (UBS) ou ao Pronto Socorro, evitando a exposição ao vírus. O atendimento online acontece das 08h00 às 17h00, de segunda-feira a domingo, pelo WhatsApp (35) 3435-6353. A Central de Monitoramento tem em sua equipe três médicos, dois enfermeiros e mais sete servidores que auxiliam no atendimento.

UBS

Para os casos que não envolvem Covid-19, todas as UBS continuam funcionando ativamente via telemedicina. Os números estão disponíveis no site da prefeitura (www.extrema.mg.gov.br/telefones-importantes). O setor pede para que a população priorize os atendimentos via telemedicina, mas caso não seja possível, as portas de todas as unidades de saúde permanecem abertas e com os profissionais necessários para atendimento.

Mesmo com a pandemia, foram inauguradas quatro novas Unidades Básicas de Saúde em Extrema, nos bairros do Salto, Forjos, Furnas e Matão, com mais de R$ 1 milhão investido em cada uma e atendendo cerca de 2.271 famílias. Além disso, estão sendo construídas mais três UBS, nos bairros Jardim, Juncal e Vila Rica.

Agentes comunitários de saúde

Quanto aos agentes comunitários de saúde, estão sendo orientados sobre as precauções e a utilização de Equipamento de Proteção Individual (EPI) para as abordagens que se farão necessárias quando tiverem que entrar no domicílio, situações como identificação precoce de casos suspeitos e notificação imediata, encaminhamento rápido de pacientes com sinais de gravidade, busca de contatos e educação em saúde para a população direcionada e orientada.

O retorno gradual para funcionamento normal na Atenção Primária está previsto para outubro.

Imunização

No setor de imunização, a vacinação de rotina parou por um curto período de tempo para priorizar a vacinação contra a influenza, mas teve o retorno do atendendo em abril. A vacina contra gripe contou com campanhas drive-thru realizadas na Praça da Saudade, vacinando mais de 11 mil pessoas.

Saúde Mental

O departamento de Saúde Mental criou a Central de Atendimento Emocional (Caem), que fornece atendimento online com psicólogos e psiquiatras para quem está com dificuldades em passar por este difícil momento.

Demais setores

Outros departamentos, como o Núcleo de Apoio à Saúde da Família (Nasf), equoterapia, Setor de Zoonoses e Odontologia, seguem trabalhando normalmente, apenas se adequando às novas medidas de isolamento e enfrentamento à Covid-19.

Hospital Municipal e Ala Pediátrica

Vale lembrar que o Hospital Municipal Dr. Roberto de Cunto foi inaugurado como Hospital de Campanha, com 35 leitos e nove respiradores para casos de Covid-19, e com funcionamento da Pediatria, que foi transferida para o local e conta com médico 24 horas para atender a qualquer tipo de problema, inclusive realiza internações de crianças, quando necessário.

Compartilhe:

Veja também

EDIÇÃO IMPRESSA

Edição nº: 2525

13/08/2020

Ver todas

receba a

Edição digital

direto no seu

whatsapp