Notícias

Seis UBSs começam a ser construídas simultaneamente em Extrema

11 de junho de 2022

Fotos: Ascom/Pref. Extrema

UBS Rodeio

Em 2021, a Prefeitura de Extrema entregou três novas Unidades Básicas de Saúde (UBS) à população: a UBS “Servilia Bertolotti” no Bairro Jardim/Climp, a UBS “Alcides Nunes do Prado” no Bairro do Juncal e a UBS “Miguel Gonçalves de Souza” no Bairro Vila Rica. Ainda assim, a administração pública iniciou seis novas unidades para os moradores do Fisgão, Barreiro, Rodeio, Jardim São Cristóvão, Morbidelli e Centro I.

Os moradores destes bairros serão atendidos dentro dos padrões de excelência, e agora com uma sede própria, receberão um suporte de saúde mais eficiente e com mais serviços disponíveis.

A UBS do Fisgão, localizada na Rua André Gonçalves de Souza, assim como as demais unidades, contará com atendimento de enfermagem, médico, farmacêutico, bem como serviços de nutricionista, fisioterapeuta, fonoaudiólogo, psicólogo e assistente social. As obras seguem em fase de fundação, na qual estão sendo feitas as projeções de sustentação do imóvel ao solo.

A UBS do Barreiro, localizada próximo da recém-inaugurada Av. João Gilli Neto, está na etapa inicial de alvenaria, em fase de marcação e elevação das paredes.

Já a UBS Rodeio, na Alameda Sabiá, está em estágio mais avançado do que todas as outras obras, visto que a alvenaria está em fase completa, chegando agora na etapa de instalação da viga de respaldo.

No Jardim São Cristóvão, a UBS “Georgina de Lima Rodrigues (Enf. Julia)”, localizada na Rua Inglaterra, está com as obras entrando na fase de fundação.

Outras duas unidades trilham para o início das primeiras etapas: a futura sede própria do Bairro Morbidelli, por exemplo, foi licitada e dentro de 15 dias já iniciará as primeiras fases de construção na Rua Antônio Morbidelli. Já a UBS do Centro I está com o projeto executivo sendo avaliado e, assim que estiver pronto, os moradores poderão apreciar os detalhes do espaço, sabendo que a atual unidade será demolida para a construção de uma nova.

Ao todo, essas novas Unidades Básicas de Saúde atenderão aproximadamente 3.700 famílias, o que equivale a cerca de 12.000 pacientes cadastrados no Sistema Único de Saúde (SUS) e que moram nestes seis bairros.

Compartilhe:

Veja também

EDIÇÃO IMPRESSA

Edição nº: 1233

11/06/2022

Ver todas

receba a

Edição digital

direto no seu

whatsapp