Notícias

Senai realiza curso dentro da fábrica da Bauducco

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) de Extrema, em parceria com a Bauducco/Pandurata, montou a primeira turma de um projeto-piloto que consiste em realizar um curso dentro da empresa, unindo prática e teoria.

09 de março de 2021

Fotos: Osmar Paulino

WhatsApp-Image-2021-03-05-at-16.43.02-550×300

Cerca de 20 jovens aprendizes vão realizar o curso de eletromecânica dentro da Bauducco, onde foi montada uma sala de aula para receber os alunos e o instrutor do Senai que ministrará o curso. O objetivo é aproximar a capacitação técnica do Senai e a indústria.

“Temos muitos ganhos com esse trabalho, mas o principal é aproximar ainda mais o jovem do dia a dia na empresa. Estamos buscando trazer mão de obra qualificada com formação sólida e que atenda ao perfil das indústrias de Extrema”, disse o gerente do Senai de Extrema, André Cristiano Aparecido.

As inscrições para o curso, que terá duração de aproximadamente um ano, aconteceram diretamente com a Bauducco, que selecionou currículos recebidos e enviou os nomes para o Senai.

“A gente já tem uma parceria muita bacana com o Senai, que tem aberto oportunidades para que possamos montar cursos específicos. Então, abrimos as portas para que o estudo aconteça dentro da nossa fábrica, onde também será realizada a parte prática. Estamos participando de um momento épico”, ressaltou o coordenador corporativo de treinamento da Bauducco, Samuel Jacó.

Para a coordenadora pedagógica do Senai, Michele Andrade, trata-se de uma experiência única e gratificante. “É uma experiência muito rica. Devido à falta da mão de obra para a Bauducco, resolvemos fazer um trabalho diferenciado, com uma grade muito específica. Atender a empresa para o que ela precisa faz toda a diferença para nós”.

Compartilhe:

Veja também

EDIÇÃO IMPRESSA

Edição nº: 2525

13/08/2020

Ver todas

receba a

Edição digital

direto no seu

whatsapp