Notícias

Trabalho de motoristas via aplicativos já é regulamentado em Extrema

O trabalho autônomo de motoristas por meio de aplicativos de transporte está autorizado em Extrema desde abril deste ano, quando a Câmara Municipal aprovou o Projeto de Lei nº 3.081. Com esta aprovação do Legislativo, os condutores passaram a ter mais segurança e maior organização no serviço. No entanto, cada app tem suas próprias regras de funcionamento e alguns exigem, por exemplo, um número mínimo de habitantes para operar.

28 de setembro de 2020

Foto: Ilustrativa

Trabalho-autônomo-de-motoristas-por-meio-de-app-de-transporte-está-autorizado-no-município-desde-abril-550×300

“Este projeto regulamentou o uso de aplicativos de transporte público em todo o município. Praticamente toda a população lida com diversos aplicativos que são destinados para diversas finalidades – e o transporte é uma dessas áreas mais atuantes. Essas importantes ferramentas digitais estão cada vez mais presentes na vida da comunidade, o que facilita a qualidade de vida e melhora o desenvolvimento social e logístico das pessoas, além de gerar maior economia também no comércio local”, disse à época o presidente da Câmara de Vereadores, Leandro Marinho.

Desde 2017, a Câmara de Extrema, por meio da Comissão de Participação Popular, vem intensificando ações para que os transportes público e privado fossem regularizados e mais valorizados. Ao longo desse tempo foram realizadas audiências públicas e reuniões com o Executivo para discutir o assunto.

Vale lembrar de outra conquista para o transporte, mas, desta vez, para os motociclistas: a aprovação do Projeto de Lei nº 2.908, enviado pelo Poder Executivo à Câmara de Extrema, que regularizou a profissão de mototaxista no município, uma antiga reivindicação desses profissionais.

Compartilhe:

Veja também

EDIÇÃO IMPRESSA

Edição nº: 2525

13/08/2020

Ver todas

receba a

Edição digital

direto no seu

whatsapp