Notícias

Turismo anuncia supressão de 16 árvores para revitalização da Ajuruoca

Autorização ambiental teve como medida compensatória a doação de 840 árvores para o Conservador das Águas Para preservar locais afetivos dos extremenses, revitalização da Ajuruoca, área de lazer na década de 80, faz parte do projeto Estrada Turística Serra do Lopo

20 de abril de 2020

Foto: Secretaria de Turismo de Extrema

Legenda-no-Word-1-550×300

Em continuidade às ações de implantação do projeto Estrada Turística Serra do Lopo, cujo objetivo é estruturar o atrativo natural para uso turístico, terá início na quinta-feira, dia 23 de abril, a supressão de 16 árvores localizadas na estrada da Ajuruoca, uma via de 325 metros que interliga a Rua Pedroso de Alvarenga à Ajuruoca.

A supressão de 16 árvores ocorrerá para revitalização da via, troca do pavimento asfáltico por pavimento ecológico intertravado e implantação de calçada e ciclovia. A autorização ambiental teve como medida compensatória a doação de 840 árvores para o projeto Conservador das Águas.

Ajuruoca era uma área de lazer da população extremense na década de 80. O artista plástico Alfredo Mucci, que teve grande prestígio internacional e viveu em Extrema neste período, projetou o portão de entrada, a bica, o restaurante e a capelinha, que serão construídos em memória ao artista.

Com o intuito de preservar os locais afetivos da população extremense, a Prefeitura de Extrema, através da Secretaria de Turismo, adquiriu a área para estruturá-la e compor a atratividade da Estrada Turística Serra do Lopo.

O projeto Estrada Turística Serra do Lopo compõe o Plano Municipal de Desenvolvimento Turístico Sustentável 2017-2020, elaborado por processo participativo, com acompanhamento de execução pelo Conselho Municipal de Turismo (Comtur). Conheça o projeto: https://bit.ly/3bpyaa1.

Compartilhe:

Veja também

EDIÇÃO IMPRESSA

Edição nº: 2525

13/08/2020

Ver todas

receba a

Edição digital

direto no seu

whatsapp