Notícias

Vereadores falam sobre os trabalhos da Comissão e Avaliação do Programa Bolsa Estudantil de Extrema

23 de setembro de 2021

Foto: Ascom/Câmara Extrema

Vereadores Mantega e Marcinho, na da Rádio Portal FM

Os vereadores Marcio José Vieira (Marcinho) e Luiz Fernando Ferreira (Mantega), que também são membros da Comissão de Avaliação do Programa Bolsa Estudantil, participaram da programação matinal da Rádio Portal 106,5 FM, na quarta-feira, dia 22 de setembro. O bate-papo foi transmitido ao vivo e teve como tema principal a importância do trabalho da comissão junto ao incentivo concedido pelo Executivo aos estudantes do município.

De acordo com Marcinho e Mantega, o Bolsa Estudantil é o projeto mais importante criado em prol da comunidade estudantil. “É uma grande oportunidade em que o cidadão busca a sua formação profissional e a concretização da carreira na esfera de trabalho. É uma forma de garantir um futuro mais digno e novas oportunidades no concorrido mercado de trabalho”.

O programa foi criado pela Lei Municipal nº 2.011 de 14 de março de 2005 e trabalha a concessão de auxílio universitário. Em 5 de fevereiro de 2009, o projeto foi ampliado pela Lei nº 2.481 que rege até hoje. A Câmara está representada pelos dois parlamentares que, juntos, compõem a Comissão de Avaliação que é responsável pela análise e estudo de cada requerimento. A Comissão tem ainda a incumbência de deliberar sobre as fichas apresentadas (requerimentos) pela Secretaria de Assistência Social da Prefeitura de Extrema. “Essa comissão é formada por representantes do Legislativo, Executivo e da educação estadual”, disseram os edis.

Bolsa Estudantil na pandemia

No início da pandemia de Covid–19, foram prestados todos os serviços de forma online via e-mail e pelo aplicativo WhatsApp. “A ideia foi dar continuidade ao projeto e cadência aos trabalhos prestados pela comissão, sem prejudicar os estudantes. E conseguimos! Nenhuma demanda ficou parada e tudo transcorreu de maneira efetiva, com atenção, respeito e atendimento aos nossos alunos”, contaram os vereadores.

Com a retomada dos atendimentos públicos na atual fase da pandemia, o atendimento passa a ser presencial na Secretaria de Ação Social. Ainda de acordo com a própria Secretaria, não ocorreram registros negativos em relação à prestação do serviço à comunidade estudantil.

Mais detalhes sobre o projeto no site: www.extrema.mg.gov.br/bolsaestudantil.

Compartilhe:

Veja também

EDIÇÃO IMPRESSA

Edição nº: 1266

28/01/2023

Ver todas

receba a

Edição digital

direto no seu

whatsapp