Notícias

Walderrama, presidente da Câmara, fala das perspectivas do trabalho para o biênio

O vereador Sidney Soares Carvalho (Walderrama) assume pela segunda vez consecutiva uma cadeira na Câmara Municipal de Extrema. Parlamentar eleito como presidente da Casa de Leis para o biênio 2021/2022, durante a Sessão de Transmissão e Posse realizada no dia 1º de janeiro, ele irá dividir a gestão ao lado do vice-presidente, Rafael Silva de Souza Lima (Tita), e das 1ª e 2ª secretárias, Telma Aparecida Maciel e Tamara Martiniuk.

08 de janeiro de 2021

Foto: Divulgação

Presidente-da-Câmara-de-Extrema-vereador-Sidney-Soares-Carvalho-Walderrama-550×300

Em entrevista para a Gazeta da Cidade, Walderrama falou sobre as perspectivas para os próximos quatro anos, a união, o fortalecimento e o entendimento administrativo com o Executivo, além do direcionamento dos trabalhos sociais. “Somos a representação da família extremense e por isso temos a obrigação de olhar pelo bem da nossa cidade. O compromisso cidadão, o respeito com o funcionalismo e a seriedade com o bem público sempre foram – e serão – particularidades na nossa maneira de trabalhar. Iremos ouvir ainda mais cada munícipe adotando uma política limpa, objetiva, parceira da comunidade e que fala a mesma linguagem de todos. Somos todos iguais e nada mudará a nossa maneira de administrar. Pelo povo fomos eleitos e por ele temos a obrigação de trabalhar com obediência, consideração e estima”, garantiu.

Questionado sobre o andamento dos trabalhos da mesa diretora, Walderrama foi enfático em dizer que uma única voz irá constituir a cadência e o funcionamento da Casa de Leis. “Somos uma instituição séria representada por uma bandeira de peso e que merece respeito. A Câmara precisa ter ao seu lado o seu maior bem municipal que é o cidadão. Cada decisão deve ser pautada pensando na qualidade de vida coletiva e seguindo os preceitos legais, buscando aproximar cada vez mais o munícipe das decisões políticas e sociais tomadas por todos nós. Cada manobra da mesa diretora respeitará a legalidade dos processos, somada ao olhar carinhoso por nossa gente que terá vez e voz. Estamos constituindo uma equipe altamente técnica capaz de administrar com precisão e responsabilidade o desempenho e o segmento da gestão na Câmara. Isso envolve também a Casa do Cidadão, que é um anexo do Legislativo. Além da população, o servidor encontrará paz, reconhecimento, equilíbrio e tranquilidade para desempenhar um trabalho de qualidade à comunidade. A resposta será o nosso trabalho!”, assegurou o presidente.

Outro ponto levantado foi a coalizão com o Executivo. “Esta aliança fortalece a nossa comunidade. O diálogo entre a Câmara e a Prefeitura Municipal precisa ser estreito, franco, direcional e munido de civilidade. Sempre tivemos um respeitoso envolvimento com o prefeito, João Batista da Silva, que sempre olhou com carinho para a nossa população. Fato maior desta receita de sucesso foi a sua reeleição. A nossa agenda diária também tem como endereço certo o gabinete do prefeito. Lá, debatemos o melhor para Extrema e colocamos prioridades e metas. Tudo é feito com extrema atenção e planejamento. Mesmo enfrentando as adversidades da pandemia da Covid-19, estaremos unidos num único propósito: cuidar da saúde da família extremense”, frisou Walderrama.

Trabalhos como o da Escola do Legislativo (EL) – que integra o Parlamento Jovem (PJ) –, os serviços gratuitos da Casa do Cidadão e a ampliação da comunicação legislativa serão diferenciais na gestão, segundo o vereador. “Vamos trazer para perto da gente o extremense. Isso faz selar a confiança depositada e o acalento que tanto precisamos”, acrescentou.

“Quando se trabalha, o resultado aparece. A comunidade precisa saber o que se passa dentro da Câmara e participar efetivamente dos processos que regem a administração. A maior conquista de um trabalho vem do seu esforço, do agradecimento por ter cumprido a meta com saúde e a garantia de que tudo saiu como planejado. Deus está por todos nós e a vontade soberana vem d’Ele. Quero reiterar o apoio de todo o Legislativo nas decisões que traduzem a verdade, o cumprimento e legalidade na confiança do trabalho. Porque a política é para todos!”, concluiu Walderrama.

Compartilhe:

Veja também

EDIÇÃO IMPRESSA

Edição nº: 2525

13/08/2020

Ver todas

receba a

Edição digital

direto no seu

whatsapp